DenúnciasDestaquesNoticias

NOTÍCIA DA TV JORNAL

VIDEO DA ENTREVISTA DO PRESIDENTE DO SINDASP PE JOÃO CAVALHO
Presidente do SINDASP aponta falhas na condução de presos
Publicado em 17.08.2018, às 16:55
         TV Jornal
Reprodução/TV Jornal
O presidente do sindicato dos agentes penitenciários, João Carvalho, falou sobre a ação criminosa que resgatou um detento na manhã desta quinta-feira (15), após voltar de uma audiência, em um trecho da PE-60, entre os municípios de Vitória de Santo Antão e Glória do Goitá, na Zona da Mata de Pernambuco. Carvalho apontou uma série de falhas na condução dos presos.
“A gente tem problemas como a quantidade do efetivo, um carro de apoio ou dois só para levar seis a sete presos para uma audiência de apoio, que não são blindados e com poucos policiais sem o armamento adequado”, apontou o presidente do sindicato.”É necessário que o Estado coloque mais viatura em apoio a esse pessoas que leva os presos para audiência, colocar viaturas blindadas e armas de alto calibre.”, conta João.
O presidente do sindicato dos agentes penitenciários alerta que a o fácil acesso a informação de datas de audiência e falta de segurança nos presídios também facilita práticas criminosas como essa. “Hoje todo mundo tem acesso ao sistema eletrônico de audiência dos fóruns, Outro ponto é que existem visitas constante dentro do sistema penitenciário feita por família, pelos advogados. Tem presos com acesso a celulares, todas as informações são facilmente passadas.”, afirmou.
Para João Carvalho, o preso Geovane Barbosa Leite, de 33 anos, é um preso considerado perigoso e por isso deveria ter um efetivo maior para conduzi-lo. “O ‘Geo’ é de alta periculosidade pela quantidade de crimes que já cometeu como homicídios.”. O detento deveria ter sido julgado na comarca de bezerros na última quarta-feira pelo assassinato da dançarina Thamires Roberta dos santos, de 21 anos. Thamires foi morta com um tiro de pistola, em maio de 2014, na casa onde morava, no bairro do Rosário, em Bezerros.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Verifique também

Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar