DestaquesNoticias

SINDASP-PE recebe apoio do SIFUSPESP, onde Sindicatos repudiam ação “absurda” de Youtubers que tentaram invadir penitenciária em Pernambuco.

“Segurança da unidade e dos funcionários foi ameaçada”, diz presidente do Sindasp-PE. Responsáveis pela “brincadeira”, que entraram no local vestindo máscaras da série “La Casa de Papel”, foram liberados após pagarem fiança
O presidente do Sindicato dos Agentes de Segurança Penitenciária e Servidores do Sistema Penitenciário do Estado de Pernambuco(Sindasp-PE), João Carvalho, classificou como “lamentável” o episódio envolvendo a invasão do estacionamento do Centro de Observação e Triagem Tecnológica(Cotel) na cidade de Abreu e Lima, região metropolitana do Recife, por quatro Youtubers fantasiados com máscaras da série La Casa de Papel.
Na opinião do sindicalista, a situação ocorrida nesta quarta-feira, 18/04, foi “absurda” por envolver uma brincadeira com a segurança pública que provocou tumulto na unidade, colocou em risco a segurança dos trabalhadores penitenciários, dos presos e da sociedade pernambucana, e mais do que isso, “quase causou uma tragédia” já que poderia ter sido interpretada como uma tentativa de resgate de detentos.
“Felizmente, os agentes conseguiram contornar esse enorme transtorno efetuando a prisão do grupo, que precisa ser punido por tentar colocar em xeque a segurança pública e o sistema prisional de forma totalmente irresponsável”, ratificou Carvalho.
Entenda o caso
Na quarta-feira, um grupo formado por três adultos e um adolescente de 17 anos tentou entrar no Cotel vestindo roupas vermelhas e máscaras do pintor espanhol Salvador Dalí, em alusão ao seriado La Casa de Papel, muito popular na Netflix, principal serviço de acesso a programação audiovisual por streaming do Brasil.
A série mostra uma história em que ladrões vestidos com a mesma máscara se trancam como reféns na Casa da Moeda da Espanha, tentando manipular a polícia para que seu plano possa funcionar e seus objetivos sejam atingidos.
Proprietário do canal Matutot Motovlog e líder da invasão, o youtuber pernambucano Gerson Albuquerque, de 22 anos, disse que o caso não passou de uma “brincadeira” e que jamais teve o intuito de invadir a penitenciária.
Além dele, Matheus Kleber, de 20 anos, e Wesley Meirelles, de 33, foram detidos em flagrante e soltos hoje após pagarem fiança de R$5 mil cada. O menor acabou liberado após o comparecimento do responsável.
Os agentes temiam ação semelhante à que ocorreu no Complexo de Santa Isabel, em Belém do Pará. No último dia 10, criminosos tentaram invadir a unidade para resgatar presos e mataram um servidor. No tiroteio, pelo menos 20 detentos morreram.
O olhar do SIFUSPESP
O SIFUSPESP repudia a ação dos youtubers e oferece total apoio ao Sindasp-PE e aos funcionários por terem sido submetidos a essa situação, além de parabenizar os servidores por sua postura, feita dentro do que manda a lei.
O sindicato acredita que o excesso de espetacularização das ações cotidianas por parte da mídia é maléfica e irresponsável, sobretudo em uma era de avanço das redes sociais que viralizam entre os jovens. Nesse sentido, pondera que essa espetacularização não deve atingir o sistema prisional, tampouco fragilizá-lo.
Trata-se de uma temeridade que coloca em risco toda a população e que precisa do olhar atento da sociedade. São atividades que exigem a regulação por parte do Estado, medida que vai evitar que pessoas inocentes se machuquem e garantir que o sistema prisional possa ser preservado de ataques das mais diversas naturezas.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar