Home Destaques NOTÍCIA NA FOLHA DE PERNAMBUCO

NOTÍCIA NA FOLHA DE PERNAMBUCO

NOTÍCIA NA FOLHA DE PERNAMBUCO
0
0
Promotor depôs na quarta-feira (15) e manteve alegação de inocênciaFoto: Julya Caminha
O promotor de justiça Marcellus Ugiette, afastado das 19ª e 54ª Varas de Execuções Penais sob suspeita de corrupção passiva, recebe nesta sexta-feira (17) o apoio de setores da sociedade civil, advogados e parentes em ato que acontece, a partir das 10h, em frente ao Ministério Público de Pernambuco (MPPE), no bairro de Santo Amaro. Outro grupo, organizado pelo líder comunitário Paulo Giroldo, irá se concentrar no mesmo horário no Parque 13 de Maio, de onde sairá em caminhada até o MPPE. “Chegou a nossa hora de dar apoio moral a uma pessoa que prestou tanto ajuda à população em várias situações”, diz Giroldo, que representa o Todos Pelo Sancho, comunidade de Jardim Planalto, na Zona Oeste do Recife.
Pai de um presidiário, Giroldo explica que por muito tempo contou com o apoio de Ugietteenquanto promotor. “Primeiramente, quando eu fui recebido por ele depois que meu filho foi preso, todo dedicado, ele me ajudou, nos recebendo de uma forma que no Fórum não somos recebidos, por exemplo”, lembra. “E depois ele nos ajudou quando o governo quis desocupar as casas do entorno do Complexo do Curado. Ele foi lá e mostrou que a culpa do que acontece no presídio não era dos moradores, mas da administração do local e do governo, e garantiu que continuássemos morando lá.”
Ele explica que pelo menos 30 pessoas estarão no local. Para o ato, o grupo conta com o apoio do Sindicato dos Agentes Penitenciários de Pernambuco (Sindasp-PE). “Ele sempre nos apoiou e foi uma pessoa atuante na causa dos agentes penitenciários. Essa acusação não tem sentido. A própria lei, no código penitenciáriodo Estado, diz que transferência de preso é responsabilidade do juiz de execuções, tudo passa por ele, são necessários relatórios. Por isso, decidimos apoiar o ato promovido pela sociedade civil”, explicou João Carvalho, presidente do Sindasp-PE.

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *