Home Destaques JOÃO CARVALHO FAZ TRATATIVAS PARA ISENÇÃO DO IPVA

JOÃO CARVALHO FAZ TRATATIVAS PARA ISENÇÃO DO IPVA

JOÃO CARVALHO FAZ TRATATIVAS PARA ISENÇÃO DO IPVA
0
0

PRESIDENTE DO SINDASP-PE FAZ ARTICULAÇÃO PARA INCLUSÃO DOS AGENTES PENITENCIÁRIOS NA INDICAÇÃO N° 927/2019 PARA ISENÇÃO DE IPVA E TAXAS DE LICENCIAMENTO DE VEÍCULOS

O Deputado Estadual Tony Gel fez uma indicação n° 927/2019,  que solicitou que o governo estadual envie um projeto com a solicitação para a Assembleia Legislativa (Alepe).
Porém, o Deputado esqueceu na indicação os agentes penitenciários, que estão a mercê das facções criminosas que tem o controle de grupos dentro e fora dos Presídios.
A Categoria de agentes penitenciários estão todos dias no convívio dos presos e estes retornam a Sociedade rapidamente pelas progressões de regimes.
Lembramos que os presos tem um índice de reincidência gigantesca e que se envolvem nos crimes em ônibus e outros transportes.
Pelo esquecimento, o Presidente do SINDASP-PE João Carvalho foi realizar articulação junto ao gabinete do Deputado Tony Gel para inclusão do cargo de agente penitenciário na indicação n° 927/2019.
 Presidente do SINDASP-PE com o assessor Roberto Maciel do Gabinete do Deputado Estadual Tony Gel
No gabinete foi atendido pelo assessor do Deputado, Roberto Maciel que informou que conversará com o Deputado para a inclusão e disse a causa é justa.
Porém, ficou marcado que irá na próxima segunda, tratar junto ao Deputado Tony Gel para a inclusão.
Mesmo assim, o Presidente do SINDASP-PE  solicitou o apoio do Deputado Antônio de Moraes para conversar com o Deputado Tony Gel, ou o mesmo, fazer a referida indicação. O Deputado Estadual Antônio Moraes declarou total apoio e disse que conversará com o Deputado Tony Gel para a inclusão e o mesmo concedeu ao Presidente do SINDASP-PE o seu número de celular para contato e cobrá- lo.
                                          Em conversa com o Deputado Estadual Antônio Moraes
A motivação da indicação  da ação deve beneficiar policiais que utilizam veículos próprios para se deslocarem aos batalhões, companhias e delegacias, especialmente no caso de agentes que atuam em cidades diferentes da que residem.
Para o deputado, a medida seria uma forma de reforçar a segurança dos policiais, já que eles se tornam alvos de ações criminosas dentro dos transportes coletivos.
Entretanto, é necessário o tratamento igualitário e estaremos cobrando até a referida inclusão e reconhecimento.
Fizemos também, além da conversa pessoalmente a argumentação para o reconhecimento e inclusão da categoria na indicação n° 927/2019.
Lembrando, não trata-se de projeto mas uma indicação para criação de um projeto. Tendo em vista, que deputados não podem fazer projetos sobre questões tributárias no Estado de Pernambuco.
Estamos atentos e tomando as providências.

 

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *