GOVERNO DE PERNAMBUCO DECIDE EXTINGUIR PPP E ASSUME PENITENCIÁRIA DE ITAQUITINGA

Três anos depois da paralisação das obras, o Governo de Pernambuco acaba de definir o novo modelo jurídico de administração do Centro Integrado de Ressocialização de Itaquitinga, projetado para ser o maior complexo penitenciário do Estado, na Mata Norte, a 72 km do Recife.


O governador Paulo Câmara (PSB) decidiu romper o contrato de Parceria Público-Privada (PPP), que deixou inacabados os cinco pavilhões erguidos, e determinar que o Estado assuma administrativamente e a operação direta da penitenciária, retirando a construtora da gestão atual do complexo.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar