DestaquesNoticias

COMUNICADO SOBRE O PJES

O Sindicato cobrou o pagamento de PJES que está em atraso. Fez ligações ao Secretário de Administração Milton Coelho e entrou em contato com o Secretário de Tesouro da Fazenda Edilberto Xavier e Secretário Executivo de Ressocialização Cícero Márcio sobre o atraso.

No mês passado foi pago em dia o PJES, porém segundo as informações colhidas na Secretaria com a mudança de gestão ocorreu o atraso de encaminhamento para a Fazenda pelo financeiro.

Diante de tal problema, entramos em contato diariamente para tal liberação.

No dia de hoje pela manhã, o Secretário de Administração Milton Coelho, confirmou que estaria sendo liberado nesta segunda-feira. O Sindicato no horário da tarde entrou em contato com o Gerente Financeiro Murilo que confirmou que foi liberado o pagamento ´pela Secretaria da Fazenda. O gerente informou amanhã cedo, estará processando e realizando para a transferência para a conta. 

Informou que ainda esta semana estará na conta dos servidores.

————————————————————————————-

POSIÇÃO DO SINDICATO

O Programa de Jornada Extra é uma opção do servidor de realizar ou não o serviço. Então, o melhor meio na nossa visão é negar de realizar o PJES pelo menos por um Mês.

Sabe-se que o Sindicato pode cobrar dos gestores o pagamento para ser realizado em dia, e como foi feito em vários momentos.

Porém, cabe ao servidor mostrar sua insatisfação e só pode ser sentido pelo Estado, se faltar efetivo para a realização de certas atividades.

O Programa de Jornada Extra não é prioridade para um Sindicato, pois retira efetivo dentro das Unidades e reduz a convocação de Concursados.

O Servidor deve saber que o PJES  é prioridade para o Estado, pois necessita da realização das apresentação judiciais e custódias serem realizadas. Além disso, o Estado paga muito mais barato do que contratasse um servidor.

Então, o único meio de colocar a casa em ordem é negar e não aceitar fazer o

PJES por pelo menos um mês.

Isto será a melhor forma de colocar em dia o pagamento, além do Governo dar prioridade a tal serviço.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar